segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Carta de Lilian para Missão Resgate da Paz

Olá meus irmãos e amigos...
Queremos compartilhar com voces uma carta de uma jovem que morou conosco para tratamento no ano de 2008. Hoje está re-socializada, mora com a família em Uberlânia, está trabalhando e já se matriculou em uma escola para concluir o ensino médio. Também está trabalhando em um livro que fala sobre sua vida com as drogas, sua jornada de recuperação e seu encontro com Aquele que transformou sua história e lhe deu uma identidade - Jesus.Voce faz parte desta história! Este testemunho é como uma voz que afirma: Vale a Pena, preparar o caminho para a chegada do Filho de Deus no coração destas mulheres.
Um grande abraço,Sherydan Carta da Lilian para a Missão Resgate da Paz, em 31/12/08
"O que eu posso dizer sobre este ano? Posso dizer que este foi um grande ano, foi "O Grande Ano" da minha vida, apesar de ter passado tão depressa. Já tive outros anos, mas este foi "O Ano". Pode ser que outros anos bons virão, mas igual a este acho que não.Este ano passou mas não passará, não de minha memória. Um ano de dor e de alegria, de separação e de união, um ano de descobertas, revelações, manifestações e emoções.Neste ano eu conheci DEUS, amei seu Filho Jesus e olhei pela janela de minha alma e vi o tempo que passou, vi minha velha natureza, o meu EU indo embora para longe. Nes ano eu fiz uma escolha, aliás fiz várias escolhas mas uma foi a mais importante... este ano eu escolhi aceitar Jesus Cristo como meu Senhor, como meu meio de vida. Demorou um ano inteiro e só agora no finalzinho eu entendi o que é aceitar Jesus. Só agora eu entendo quem anda os meus pasos e que passos eu devo andar.Neste ano eu vivi em uma casa, não era uma casa feita de chocolate mas quem dera fosse, não era uma casa feita de ouro, mas se fosse... que valor teria? Eu vivi em uma casa e desta casa eu vi o mundo e o que há de se fazer para mudá-lo, mas eu só só uma e gostaria de ser um milhão para ganhar um milhão de almas para Jesus.Nesta casa passei por momentos difíceis, quase impossíveis. Mas passei, não voltei.E o amor, este busquei a vida toda, mas de fato só o encontrei nesta casa, onde vivi este amor.O que mais me emocionou este ano? Difícil dizer pois foi um ano de grandes emoções, cada vez que eu via o sorriso da minha filha, eu me emocionei. Cada vez que eu via a felicidade da minha mãe, eu me emocionei, cada vez que eu ouvia a voz de Deus, eu me emocionei.Também não me esqueço das feiuras que fiz... briquei, questionei, perdi a paciência, desabafei, não foi nada fácil quando errei e magoei pessoas. Há!!! Pessoas, as pessoas que conheci nesta casa, o que posso dizer destas pessoas? Eu as amo, sinto falta delas, saudades.Neste fim de ano quem dera se eu pudesse amontoar todas as pessoas que eu amo em um só lugar, apesar de elas já estarem amontoadas no meu coração.Hoje, último dia do ano, dia 31 de dezembro de 2008, são 00:00 horas e eu não consegui dormir. Hoje seria um dia de festa e comemoração, mas hoje foi um dia triste. Meu avô faleceu, eu o amava e ele também me amava, eu queria ter passado mais tempo com ele, mas perdi muito tempo comigo mesma e com as coisas desse mundo, perdi um tempo precioso ao lado de minha família, tempo que não volta, mas tenho tempo agora de recomeçar. Sou livre, tento desfrutar ao máximo esta liberdade com minha filha e com minha família, porque o tempo é curto. Eu não me lembro do meu avô na minha infância, mas sempre vou me lembrar dos 4 meses em que fomos avô e neta. Aprendi a dar valor na minha família e a amar minha família.Eu oro todos os dias pela casa que vivi neste ano. Oro para que as pessoas que agora vivem lá, possam amá-la como eu amei e aproveitar ao máximo o tempo que estão lá, porque o tempo passa e passa rápido.Não estou triste por não estar mais lá, naquela casa. Mas gostaria de estar lá mais um instante.Não sei quanto a voces que estão vivendo aí, mas eu estou feliz por estarem aí, feliz por estarem na casa de Deus e longe das trevas.Pode ser que minhas palavras as encoragem a prosseguir, mas o que são minhas palavras comparadas às Palavras de Jesus?Eu sou fruto desta casa, foi aí que nasci de novo, obrigada Missão Resgate da Paz. Obrigada Sherydan, Karla, Adriana, Paulicele, Cibelle, neste ano voces foram minhas mães, o que desejo para 2009 é que voces continuem sendo o que são, fortes guerreiras de Deus.Às alunas, desejo paz e amor! Que voces minhas irmãs, vivam em paz nesta casa e a amem como ela ama voces, sejam fortes e persistentes, não percam tempo, ele é precioso. Não desistam.Eu amo todos voces."
Grande beijo!
Lilian Maria

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Carta de Lilian para Missão Resgate da Paz
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

1 comentários:

Escrito comentários
avatar
16 de fevereiro de 2009 05:15

parabéns pelo blogger..

quando der visite o meu

deixe recados..


abraços

Reply

Página inicial